Desenvolvimento Pessoal

8 dicas para melhorar a sua qualidade de vida.

Qualidade de vida

O que é qualidade de vida para você?

Em minha última newsletter eu fiz a seguinte pergunta para os assinantes:

O que você precisa para Viver Melhor?

(Se você ainda não assinou a minha newsletter basta clicar aqui para assinar)

Muitos me responderam que precisavam melhorar sua qualidade de vida e isso me chamou atenção, visto que, os e-mails estavam carregados de histórias com relatos de improdutividade, falta de foco, de tempo, procrastinação e maus resultados.

Pensando nisso me fiz a seguinte pergunta: Qual a minha definição de qualidade de vida?

Sabemos que por hábito tendemos a fazer do nosso dia a dia uma rotina inconsciente, o que quero dizer com isso? Não paramos para refletir ou questionar nossos pensamentos, palavras, atitudes e ações.

Pensamentos geram nossos comportamentos que promovem nossas ações e por consequência nossos resultados.

Já escrevi por aqui sobre alguns mecanismos do nosso cérebro que trabalham para nos manter na nossa zona de conforto, e esse ciclo vicioso de autossabotagem, inevitavelmente, afeta a nossa qualidade de vida também.

Pensamentos negativos e improdutivos geram palavras e comportamentos semelhantes, que geram ações iguais e essas, por sua vez, refletem em resultados negativos e desfavoráveis. E se essa roda está “empacada” de alguma forma a nossa qualidade de vida está comprometida. Essa foi a minha resposta para eu mesma, e por consequência, para os meus leitores.

Por definição, qualidade de vida significa aumentar/melhorar o nosso bem-estar físico, social, mental e emocional. Logo, concluo que a mudança de dentro para fora é algo que deve ser considerada quando falamos sobre qualidade de vida. Mudanças positivas de pensamentos tendem a melhorar nosso dialogo externo, nossos comportamentos e consequentemente nossas ações, isso reflete positivamente nos nossos resultados (melhor produtividades, foco, constância). E quando falamos de mudanças de comportamento estamos falando também de transformações funcionais que  melhorarão as nossas relações interpessoais e a nossa saúde física, ou seja, uma coisa leva a outra.

O que isso significa? Que para promover mais qualidade de vida todos merecemos dar uma olhadinha para dentro e agir nesse sentido, de dentro para fora.

E como conseguir isso?

Primeiro eu vou mudar a pergunta que fiz para a minha lista: O que você PODE fazer para Viver Melhor?
Quando nos conscientizamos do poder que temos de mudar as ações do nosso dia a dia para viver melhor, fica mais fácil qualquer aplicação, e já que estamos falando de mudanças de dentro para fora, esse poder é todo e exclusivamente seu. Reflita sobre…

Feito isso, abaixo vão as dicas que compartilhei com os assinantes da minha lista, e que decidi compartilhar contigo também, com o objetivo de te fazer refletir sobre como melhorar a sua qualidade de vida de dentro para fora.

Atitudes que transformam.

#1 – Cultive pensamentos edificantes: Cuidar do nosso jardim mental é essencial para nossa saúde mental, física e emocional. Cultive bons pensamentos logo pela manhã, a respeito de si, do outro e da vida. Como fazer isso? Destine 5 minutos da sua manhã para visualizar coisas boas, feche os olhos, agradeça pelo seu dia, pratique a escuta ativa, tente ouvir o canto dos passarinhos, ouça uma música leve e tranquila antes de sair de casa, pratique a respiração diafragmática. Todas essas ações ajudam a criar e cultivar bons pensamentos pela manhã.

#2 – Cultive palavras positivas: Consigo, com o outro e com o mundo, palavras positivas encorajam, alimentam, reconhecem, motivam, acolhem e transformam. Mesmo em momentos necessários de feedbacks negativos, as palavras positivam são necessárias e possuem efeitos transformadores. Dê o que gostaria de receber, inicie sua manhã praticando diálogos positivos com você, com o outro e com o mundo e desfrute de um dia muito melhor.

#3 – Amor próprio: Ninguém fará por você aquilo que você mesma não faz, quando esperamos que o reconhecimento e o amor venham apenas do outro, construímos relacionamentos baseados em expectativas, normalmente, frustradas. Quem ama a si próprio entra em sintonia com o melhor do universo, e mais que isso, se sabemos nos acolher amorosamente, seremos mais capazes de fazer o mesmo com o outro. O ato de iniciar o seu dia com amor próprio transforma a sua rotina e a sua vida. Ame-se! Cuide do seu corpo, da sua alma, do seu intelecto. Estude, leia, pratique exercícios físicos, ore, medite, dê o seu melhor sempre. Saia de casa com confiança e com a certeza de que fará aquele dia valer a pena.

#4 – Empatia: Empatia é se colocar no lugar do outro de forma genuína e altruísta, entendê-lo sem desejar estar certo, sair de você e verdadeiramente entrar no lugar do outro. Empatia transforma e enriquece as relações, e melhores relações nos trazem sensação de bem-estar. Permita-se começar o dia com empatia, enxergue a vida pelo olhar de alguém que não seja você mesmo. Uma pessoa por dia, um pouquinho a cada dia…

#5 – Alegria – Pessoas não agem contra nós, elas reagem a nós, se mantenha presente para isso e experimente sair de casa com muita alegria no coração e sorriso no rosto (se você tiver praticado as dicas acima isso acontecerá naturalmente) você verá a “mágica” da reação acontecer. Alegria transborda o coração, enriquece as relações e é contagioso. Vamos espalhar!

#6 – Coragem – Para agir, para seguir e até mesmo para desistir. Tome sua dose de coragem logo pela manhã e siga seu dia com a força e a fé que habitam o seu SER. Coragem transforma o seu dia, a partir dela você descobre que SIM.., é possível! Você é capaz! Como fazer isso? Agindo, apesar do medo, da vergonha, da preguiça, da tristeza… Se colocando em movimento.

#7 – Generosidade: Com você, com o outro e com o mundo, nessa sequência para que faça sentido e realmente transforme. A generosidade preenche a nossa alma e alivia a alma do outro. De dentro para fora…Se permita iniciar o seu dia praticando a generosidade, comece por você, receba o amanhecer agradecendo e tenha calma para iniciar o seu dia, tenha calma para praticar as mudanças, esqueça o padrão da escassez (a falta de tempo e de tudo) agradeça pelo que tem e pelo que faz e aproveite o momento presente. Seja generosa com você.

#8 – Comunicação: Fale o que deseja, o que precisa e como deseja/precisa. Escute para compreender e não apenas para responder. 80% dos problemas familiares e 70% dos problemas nas empresas acontecem pela falta ou falha na comunicação. Se comunique de forma assertiva e VIVA MELHOR.

Agora é hora de praticar!

E se a motivação não chegar ou você desistir mais rápido do que começar, pense:

Como você se imagina daqui a 5 anos? Como gostaria de estar? Aonde gostaria de estar? O que deseja estar fazendo? O que gostaria de SER e de TER?

Ao fazer essa reflexão pense nas suas ações do dia a dia, elas te apoiam nesse caminhar?

Tanto a reflexão quanto a ação estão no seu poder.

Não basta viver, é preciso VIVER MELHOR. Se permita encontrar e restabelecer o seu equilíbrio. Nele está a chave para a tão almejada qualidade de vida.

Para te motivar a agir e refletir sobre qualidade de vida, equilíbrio e a importância do pequeno detalhe na ação de dentro para fora, compartilho esse TED sensacional do Nigel Marsh.

 

E você? Como promove mais qualidade de vida no seu dia a dia? Compartilha conosco e nos ajude a fazer essa roda girar. Vem VIVER MELHOR!

 

 

Receba novidades direto no seu email!

Veja também

0 Comentários

Deixe uma resposta