Comportamento

Como melhorar a sua autoestima de uma forma simples e prática. #3 valiosas dicas para o seu dia-a-dia. A #3 é a que eu mais gosto e uso sempre em minha vida.

Autoestima

Autoestima é um julgamento interno de seu valor feito com base nas emoções, inclui também uma avaliação subjetiva que você faz de si mesma e tem como base as crenças que adquire ao longo da vida.

Como você se julga internamente?

Esse ano, no mês de julho, eu fui ao cinema ver o filme infantil DIVERTIDA MENTE da Pixar, eu já estudava comportamento humano e algumas abordagens do filme me interessavam bastante, principalmente para dividir com minhas duas filhas a minha visão e como eu almejo que elas entendam suas próprias emoções, fiquei muitíssima feliz com o entendimento delas sobre o conteúdo do filme (quem não assistiu sugiro que o façam).

O filme aborda o conflito das emoções humanas e como funciona a mente humana, eu considero isso de extrema importância para o desenvolvimento pessoal e começar a entender essas questões emocionais, ainda quando criança, só tem a acrescentar na evolução dos nossos pequenos.

Normalmente não há conversas desse contexto na maioria das famílias, somos educados do ponto de vista moral e ético e não do ponto de vista emocional. Somos educados para falar “obrigada” por uma questão ética e não pelo sentimento de gratidão em si, somos ensinados, por exemplo, a sermos educados e respeitosos, a estudar as matérias escolares com afinco, tirar boas notas, sermos cidadãos íntegros e honestos…

No entanto, não temos ensinamentos sobre nossas emoções e como lidarmos com elas, ninguém nos diz que a tristeza, a raiva e o medo são emoções inatas do ser humano e que é normal e necessário que possamos senti-las e dar vazão a elas, ninguém nos ensina a forma natural de trabalhar as emoções negativas e nem mesmo as positivas e com o tempo, os meios (muitas vezes equivocados) que cada um encontra de lidar com suas emoções, desfavorecem o desenvolvimento da autoestima e trazem malefícios emocionais que duram uma vida toda.

A autoestima do ser humano começa a se formar na infância e por isso eu falo da importância de trabalharmos essas questões emocionais com as crianças e o quão importante é ter filmes ou qualquer outro material que nos ajude nesse sentido, os pais desempenham um papel fundamental na construção da autoestima da criança e pequenos atos, até mesmo inconscientes, podem afetar a autoconfiança da criança e assim gerar adultos sem confiança, improdutivos, perdidos e com a autoestima totalmente abalada.

Contudo, como disse o grande filósofo Sartre:

“Não importa o que fizeram com você, o importante é o que você faz com aquilo que fizeram com você” Jean-Paul Sartre

Eu simplesmente amo esse pensamento de Sartre e ele resume muito bem a forma como penso hoje e foi com base nele (pensamento) que eu mudei algumas crenças sobre mim.

Hoje eu vou dividir com você 3 dicas que eu uso todos os dias para aumentar a minha autoestima e que funcionam muito bem, venho fazendo isso a mais de 2 anos e os resultados são maravilhosos.

Não espere algo mágico cair do céu para fazer com que você se sinta bem, não permita que o seu estado natural seja o mal-estar, faça algo em seu favor e comece AGORA, mesmo que você não acredite mais em sua transformação ou não queira acreditar em mim, apenas TENTE.

A última é a minha preferida e a que mais me identifico e uso até hoje.

#3 valiosas dicas para o seu dia-a-dia

#1 – Identifique seus talentos e não foque apenas em suas fraquezas.

Autoestima

Eu gosto muito da visão da Psicologia Positiva, que resumidamente diz: Talentos e habilidades precisam ser identificados e desenvolvidos e as fraquezas gerenciadas. Isso mudou minha vida por um simples motivo: Entendi que mesmo sendo capaz de muito, eu não vou conseguir ser 100% em tudo e TUDO BEM!!!

De acordo com a psicologia positiva e eu acredito muito nisso, todos os seres humanos chegam a esse mundão com dons e talentos únicos que devem ser usados em favor próprio e em prol da humanidade, enxergar o que você tem de bom e encontrar esses talentos é maravilhoso, aumentará sua autoestima e sua autoconfiança fazendo com que você perceba o quanto é importante para o universo.

Focar apenas nas fraquezas é extremamente perigoso para sua autoestima, pois quando você dispende muita energia naquilo que não é sua essência ou naquilo que você não faz tão bem, será necessário tempo e paciência para se superar e esse esforço pode te frustrar e desanimar.

Porém, quando você identifica seus talentos e desenvolve habilidades propulsoras desses talentos, o processo se torna fluído, inclusive você pode utilizar os seus talentos e as suas habilidades como ferramentas para desbloquear as impressões a respeito das suas fraquezas.

Eu acredito muito que esse caminho é muito mais prazeroso e compensador, identificar talentos e desenvolver suas forças pessoais são coisas que vão te levar a patamares muito maiores e melhores da vida como um todo, pois é inato e fluído, além de te permitir o bem-estar em qualquer atividade, tendo em vista que você estará lidando com a sua essência.
Você está nesse mundo para entregar o seu melhor, então se observe e descubra seus talentos, faça esforços para desenvolver suas forças pessoais, suas fortalezas, foque no que você tem de melhor e use isso também (se assim achar necessário e importante para seu desenvolvimento) para ajustar aquilo que te incomoda, usar uma força pessoal para ajustar uma possível fraqueza é divino, torna o processo mais fácil e fluído e você se sente muito mais capaz todos os dias.

#2 – Faça, todo dia, algo que a deixe feliz.

Autoestima

Você corre o dia todo com tarefas do lar? Você corre o dia todo com tarefas do seu trabalho? Com tarefas da sua família? E o que você faz para você? Você está esquecendo de si não é mesmo?

Eu também fazia isso, durante um bom tempo da minha vida eu tive uma enorme dificuldade em saber qual era o meu hobby, o que eu gostava de fazer, o que fazia meu coração vibrar e isso me incomodava e me entristecia demais, com o tempo eu descobri porque isso acontecia:

Eu havia esquecido de mim, eu havia perdido a minha essência e estava preocupada demais com o TER (ter tempo, ter dinheiro, ter sucesso, ter reconhecimento, ter poder…) e havia esquecido o SER (ser feliz, ser amada, ser alegre, ser humana…) e não me dava a oportunidade de parar para conhecer e fazer aquilo que fazia meu coração vibrar.

Se isso acontece com você também, pare e reconstrua você no sentido de entender e fazer aquilo que a deixa feliz todos os dias, um pouquinho por dia, não esqueça de si, se permita fazer o que gosta, podem ser coisas simples ou não, pratique:

Dance, leia livros que goste, compre esses livros, ouça músicas que goste, caminhe, corra, se jogue no chão com seus filhos, compre flores para si mesma, ligue todos os dias para alguma pessoa que ama e sente falta, reveja seus amigos, se inscreva em um curso e retome aquela sensação gostosa de estudar, tome uma taça de vinho, uma caneca de cerveja bem gelada, um café, um chá, se maquie, se perfume, se dê um presente, aprecie um pôr do sol, um nascer do sol, medite, faça Yoga, Pilates, jogue futebol, toque violão, namore, beije, abrace, diga que ama, ajude uma pessoa que necessita de você…

Essas simples atitudes farão você se sentir melhor todos os dias e irá aumentar sua autoestima gradativamente. Com isso, você vai se empoderar de seu próprio bem-estar, não deixe na mão do outro a sua alegria diária.

#3 – Se permita arriscar. Aja apesar do medo.

Autoestima

Eu aprendi, ao longo da vida, que o medo nos paralisa e nos limita, aprendi também, que se deixarmos ele no comando, passaremos por essa vida sem descobrir nossas maiores fortalezas, quando você arrisca, mesmo com medo, você descobre que é capaz, você expande a sua zona de conforto, você encontra motivação para seguir.

Eu acredito que um dos maiores males da vida é a paralisação por conta do medo, medo todos nós temos, é uma emoção inata do ser humano e que é necessária, ela serve para nos alertar do perigo, não podemos e não vamos nunca aprender a não ter medo, o que podemos e devemos é agir apesar dele.

Tente, mesmo que pareça difícil, apenas tente, só assim você saberá se é capaz e mesmo que não consiga da primeira vez, saiba que o resultado de uma tentativa (sendo ele positivo ou negativo) é sempre uma barreira a mais que foi rompida, uma parede a mais que você derrubou (só por isso já vale a pena a sua tentativa).

A sua coragem de arriscar é o que vai melhorar e muito a sua forma de se enxergar perante a vida, se você não tentar a sua MENTE, que MENTE, vai te dizer o que acha e você vai acreditar.

Então, se permita arriscar, aja apesar do medo e se autoestime de forma mais favorável ao seu desenvolvimento. Você MERECE esse upgrade em sua jornada.

E você como lida com suas emoções? Como você se autoestima?

Comenta aqui embaixo e compartilha com a gente como você faz para melhorar a sua autoestima diariamente.

PS. Não esqueça de se cadastrar em nossa newsletter, além de receber conteúdos diretamente em seu e-mail, você ainda pode baixar gratuitamente o ebook O poder do Otimismo diário e aprender dicas fáceis que vão aumentar a sua autoestima e o seu bem-estar diário.

Receba novidades direto no seu email!

Veja também

2 Comentários

  • Responder Ivonete Pereira Coelho |

    Adorei o Artigo. Me vi em cada palavra e vou daqui pra frente praticar cada sugestão

    • Responder Bê Albuquerque |

      Que bom que gostou Ivonete! É isso aí mulher, pratique bastante, cuidar de nós é o melhor que podemos fazer por nós e pelos nossos! Um beijo!

    Deixe uma resposta