Empreendedorismo Feminino

Você é Vitima ou a Protagonista? Saiba mais sobre esse comportamento empreendedor que diz muito sobre os seus resultados.

comportamento empreendedor

Há dois tipos de pessoas nesse mundão, aquelas que funcionam no efeito e as que funcionam na causa, e esse comportamento – se manter na causa ou no efeito – diz muito sobre os resultados de cada pessoa. Existem pessoas que respondem passivamente aos acontecimentos, e existem pessoas que agem positivamente comprometidas com as experiências de criar a vida que elas desejam.

Ou seja, estar na causa é você ser capaz e responsável pela sua própria vida, estar no efeito é ser a vitima dos acontecimentos.

Estar na causa é ser protagonista, estar no efeito é ser vítima.

Para entender quem está na causa e quem está no efeito só é preciso observar, e isso vale como auto-observação também, já que normalmente não temos consciência total de nossos comportamentos.

As escolhas que você faz na confusão de cada dia afeta suas experiências, se observe:

  • Como você tem gastado seu tempo, dinheiro e energia?
  • Ao que você presta atenção, onde está a sua atenção?
  • Ao que você se apega e o que você deixa ir? Fisicamente e emocionalmente?
  • Quais são seus objetivos?
  • Quais são seus hábitos?
  • Como você reage aos outros?
  • Como você cuida da sua saúde?

Todos esses comportamentos provêm de decisões que você toma, e essas decisões criam seu próprio mundo.

Quando as pessoas estão na causa assumem responsabilidades por tudo que acontece.Quando estão no efeito elas dão razões, desculpas e justificativas para o que aconteceu a elas. Ser protagonista é despertar e usar seu poder pessoal, ser vitima é entregar ao outro esse poder, e isso diz muito sobre você e os seus resultados na sua vida pessoal e profissional.

E você como se avalia em relação a isso? Está na causa ou no efeito?

Eu te encorajo e te desafio a se observar em primeiro lugar, pois só mudamos aquilo que enxergamos e só enxergamos aquilo que desejamos. Os pontos cegos que possuímos podem nos limitar por uma vida inteira, grandes potenciais adormecidos por pura vitimização, por colocar na mão do outro um PODER que é SEU e se é seu, MEU DEUS! é maravilhoso, pois você pode efetivamente MUDAR aquilo que te incomoda, que não agrega, que não transforma, não melhora, não ajuda…

Eu entendo que os pontos cegos dificultam a percepção e consequentemente podem te colocar em posição de vitima do mundo, das circunstâncias, etc, etc, etc…Por isso eu te desafio a se observar e tentar entender onde você está, após isso SIM, você PODE mudar.

Eu já disse várias vezes por aqui que a ciência nos ajuda entender que somos capazes de mudar. E você precisa agir em direção disso caso se perceba estar no efeito, se manter aí não é nada motivador, esse comportamento te empurrará ladeira abaixo com mais e mais intensidade ao longo do tempo. E eu imagino que você não deseja isso, não deseja passar os seus dias “enxugando gelo”, estou certa?

Agora leia com atenção:

Você não é os maus hábitos que cultivou.

Você não é os maus comportamentos que possuí.

Você é um ser humano em constante evolução e que tem todo o potencial e recurso necessário para mudar aquilo que deseja e precisa.

Recentemente eu vi um vídeo do Man in the Arena onde o entrevistado era o Geraldo Rufino (Quem não conhece a história eu recomendo que procure conhecer, não irá se arrepender) no final do vídeo ele propõe algo simples, porém poderoso e relevante para qualquer ser humano.

Isso é o que eu te encorajo e desafio a fazer após se observar:

“ Levanta de manhã, na hora em que abrir a janela e perceber que o dia começou, agradeça e vai fazer alguma coisa, vá ser bom naquilo que você tem que fazer naquele momento, não lamente. Se estiver com algum problema e precisar encontrar o culpado, aproveita que já levantou e vá para o espelho que lá você encontrará.”

Seja uma pessoa integral e não parcial, se auto motive com os recursos que você tem, acredite no seu potencial e simplesmente FAÇA alguma coisa para mudar o que te impede de ser aquilo que você deseja SER. Desenvolva comportamentos empreendedores e Viva Melhor!

A vida é curta demais para você colocar a culpa no outro a fim de justificar os seus  maus resultados.

E as perguntas finais são para refletir e agir:

O que te incomoda e te limita?

Como você pode mudar isso?

E o que você vai fazer hoje para iniciar essa mudança?

Levanta e anda mulher…Só assim encontrará o verdadeiro propósito da sua VIDA.

 

Receba novidades direto no seu email!

Veja também

0 Comentários

Deixe uma resposta